Salão de Humor terá paralela sobre William Shakespeare

Post 40 de 444

No aniversário de quatro séculos de morte de William Shakespeare, a 43ª edição do Salão Internacional de Humor de Piracicaba prestará homenagem, em forma de mostra paralela, ao dramaturgo mais conhecido da história. A Mostra Shakespeare Desenhado, será montada no armazém 9 do Engenho Central de Piracicaba, contará com trabalhos de 50 artistas gráficos convidados, entre brasileiros e estrangeiros, com a intenção de reunir cartuns e caricaturas inspirados na vida e obra do autor, considerado um dos mais geniais de todos os tempos. A exposição acontece de 27 de agosto a 08 de outubro, concomitante à Mostra Principal.

Conforme explica Eduardo Grosso, produtor gráfico do CEDHU (Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação de Humor Gráfico de Piracicaba), a ideia é refletir sobre obra e vida do dramaturgo. Grosso lembra que Shakespeare é daqueles autores de conteúdos universais que consegue atingir imensos e diversificados públicos e por isso mesmo encenado constantemente em todos os lugares do mundo. Grosso ainda explica que a escolha dos artistas convidados levou em conta além da qualidade e propostas gráficas de cada um a boa proximidade destes cartunistas com o Salão de Piracicaba, muitos deles premiados em diversas edições do evento.

Para Willian Hussar, um dos artistas gráficos convidados, que mora em Piracicaba, a escolha do artista e sua obra são interessantes. “Usar a temática Shakespeare é sempre interessante, porque ela está presente no imaginário coletivo.”

O 43ª Salão Internacional de Humor é realizado pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural) e Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação de Humor Gráfico de Piracicaba (CEDHU).

BIOGRAFIA – Dados biográficos do escritor britânico William Shakespeare não são conclusivos. A Data de seu nascimento, por exemplo, não é precisa, nem no ano e nem no dia. De qualquer forma, os dados que estão disponíveis sobre sua história dão conta de que o escritor nasceu em Stratford-upon-Avon, Inglaterra, teve três filhos, uma carreira de sucesso em Londres, sendo inclusive dono de uma companhia de teatro e que voltou para sua terra natal três anos antes de morrer, quando escreveu uma de suas últimas obras, a peça Tempestade.

Sua obra, no entanto, é conhecida mundialmente. Shakespeare foi ator, poeta, mas foi a dramaturgia que o fez e o faz ser representado em palcos ao redor do mundo, virar filmes para o cinema e ser traduzido nas mais diferentes línguas. Ao todo, sua obra compreende 38 peças, 154 sonetos, dois poemas de narrativa longa, e várias outras poesias.

Dentre os trabalhos mais conhecidos estão Romeu e Julieta, A Tempestade, Júlio César, Antônio e Cleópatra, Hamlet, Othello, Rei Lear, Macbeth, Sonho de Uma Noite de Verão e A Megera Domada.

ARTISTAS CONVIDADOS – Brasil – Amorim, J. Bosco, Jarbas Domingos de Lira, Dálcio, Paffaro, Camilo Riani, Erico San Juan, Erico Junqueira Ayres, Rafael Correa, Ronaldo Cunha Dias, Daniel Kondo, Daniel Ponciano, Erasmo Spadotto, Jota A., Raimundo Rucke, Junião, Junior Lopes, Lézio Jr., Mineu, Silvano Mello, Natália Forcat, Claudia Kfouri, Luciano Veronezzi, Santiago, Paulo Branco, Baptistão, Quinho, Cau Gomes, Fraga, Fred Ozanan, Lucas Leibhoz, Marcos Muller, Bruno Hamzagic, Maria Luziano, Robinson José da Silva, Anderson de Oliveira Delfino, Rodrigo Rosa, Cláudio Alecrim Costa, Paulo Sergio Jindelt, Glen Batoca, Caetano Cury Nardi, Laerte Silvino Santos, Paulo Caruso, Willian Hussar.

Estrangeiros – Boligan (Cuba), Turcios (Colômbia), Marilena Nardi (Itália), Vladimir Abroyan (Armênia), Marco de Angelis (Itália), Crist (Argentina) Chubasco (México), Constantin Sunnerberg (Holanda), David Vela (Espanha), Andrey Popov (Russia), Alfredo Martirena (Cuba), Igor Kondenko (Ucrânia), Elena Ospina (Colômbia), Anne Derenne (Espanha), Bernard Bouton (França), Nani Mosquera (Espanha), Vladimir Kazanevsky (Ucrânia), Walter Toscano (Peru), O-Sekoer (Bélgica), Antonio dos Santos (Portugal), Alireza Pakdel (Irã), Ali Miraee (Irã).

 

(Autor: Sabrina Rodrigues Bologna)

MENU