Voltado ao público infanto-juvenil, 15º Salãozinho de Humor de Piracicaba abre inscrições para envio de trabalhos

Post 3 de 427

 

Além de desenhos e esculturas, estudantes também podem enviar a partir deste ano trabalhos em formato de filmes de animação

O Salãozinho de Humor de Piracicaba divulgou nesta terça-feira (14) o regulamento de sua edição 2017. Realizado desde 2003, a exposição é organizada pela Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural de Piracicaba), por meio do Cedhu (Centro Nacional de Pesquisa do Humor Gráfico) e tem por objetivo incentivar o público infanto-juvenil à prática artística e contribuir com o desenvolvimento do pensamento crítico através da linguagem do humor gráfico. A iniciativa conta ainda com a parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Diretoria de Ensino/Região de Piracicaba e Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

Uma das novidades desta edição do Salãozinho fica por conta da inédita categoria Animação, onde os estudantes poderão produzir filmes baseados em técnicas como a Stop-Motion. “Isso já era uma demanda que recebíamos em edições anteriores”, comentou a secretária municipal da Ação Cultural, Rosângela Camolese. “Temos muita expectativa da qualidade dos trabalhos que serão enviados. Ele chega à sua 15ª edição com um volume de participação surpreendente, graças a um trabalho em conjunto junto à rede de ensino, parceira fundamental para o sucesso dessa iniciativa”, completou Rosângela.

Somente em sua edição 2016, o Salãozinho de Humor recebeu 3.169 trabalhos de estudantes de escolas públicas e particulares de 12 cidades do Estado de São Paulo, além de Florianópolis (SC) e Rio de Janeiro (RJ). Após serem avaliadas por um júri de seleção e premiação, 225 obras foram expostas no Armazém 5B do Engenho Central. Dividida em duas categorias, de 07 a 10 anos e 11 a 14 anos, a mostra oferece premiações compostas por bicicleta, patinete, kits de badminton e de vôlei aos três primeiros colocados e troféus às menções honrosas em cada uma delas.

O Regulamento pode ser baixado pelo link: http://salaointernacionaldehumor.com.br/wp-content/uploads/2017/03/Regulamento_Salãozinho_2017.pdf

Podem participar estudantes de 07 a 14 anos das redes pública e privada de ensino de todo o Brasil
com o envio de trabalhos nas categorias desenho, escultura e animação, até o dia 23/06. As inscrições são
gratuitas. Podem ser enviados até dois trabalhos por participante, nas seguintes categorias:

 Desenho: originais e inéditos, no formato A4, em qualquer técnica e desenvolvidos nas linguagens cartum, charge, caricatura e HQ/tiras;

 Esculturas: originais e inéditas, com dimensões máximas de 42 cm de altura, 30 cm de profundidade e 30 cm de largura;

 Filmes de animação: categoria inédita neste ano, podem ser inscritos até dois trabalhos originais por estudante, em qualquer técnica de animação – tradicionais, digitais, stop motion – com duração máxima de 75 segundos (incluindo os créditos).

Os desenhos e os objetos tridimensionais devem ser enviados pelo correio ou entregues pessoalmente para: 15º Salãozinho de Humor de Piracicaba – Av. Maurice Allain, 454 (Caixa Postal 12) – CEP 13405-123, Piracicaba/SP. Cada trabalho apresentado deve vir acompanhado da ficha de inscrição devidamente preenchida. Para os filmes de animação o aluno deve realizar previamente o upload do vídeo no Youtube em uma conta pessoal ou do responsável.

 

Porta para novas gerações de artistas gráficos

Um dos nomes principais nomes da nova geração de desenhistas brasileiros, o paulistano João

Montanaro, 20, participou de duas edições do Salãozinho, em 2006, 2007. “Eu já conhecia um pouco do

trabalho de alguns chargistas, mas não tinha nenhum conhecimento político mais aprofundado. Nunca tinha

sido publicado. Tinha uns nove, dez anos”, recorda ele. “A importância do Salãozinho está em criar esse

terreno para as crianças terem a experiência de um salão de humor, terem o desenho em uma exposição.

Era bem divertido, dava vontade de continuar fazendo para as outras edições”, disse Montanaro, que alguns

anos depois, em 2011, publicava sua primeira charge no jornal Folha de S. Paulo – inspirada na xilogravura

japonesa “A grande onda de Kanagawa”, clássica ilustração do artista Hokusai, o desenho fazia referência

ao terremoto que provocou um tsunami e o vazamento da usina de Fukushima, no Japão.

História

O Salãozinho de Humor de Piracicaba aconteceu pela primeira vez no ano de 2002, proposto na 30ª

edição do Salão Internacional de Humor de Piracicaba. O evento também é organizado aos moldes de um

concurso, neste caso exclusivo ao público estudantil. Entre vários objetivos está o de incentivar o jovem a

conhecer e produzir humor gráfico. A participação é dividida em duas categorias: estudantes de 07 a 10

anos e de 11 a 14 anos da rede pública e privada. Para a inscrição o interessado deve comprovar a sua

matrícula e regularidade escolar. São aceitos desenhos inéditos de autoria própria nas linguagens do

cartum, charge, caricatura e tiras/HQ.

Como apoio e preparação do Salãozinho de Humor de Piracicaba, três ações simultâneas ao

concurso, estão previstas no chamado Projeto Humor na Sala de Aula durante o primeiro semestre de cada

ano: 1 – Exposições itinerantes com reproduções dos desenhos do acervo do Salão Internacional de Humor

de Piracicaba nos pátios das escolas; 2 – Encontro e bate-papo com profissionais da área do desenho

gráfico nas escolas diretamente com os alunos e 3 – Oficinas de capacitação para os professores da rede.

Informações para a imprensa

Matheus Souza – Assessoria de Comunicação Semac/Setur

19 | 3403-2609 – E-mail: mnsouza@piracicaba.sp.gov.br

Compartilhar:

MENU