Gaúcho vence prêmio Júri Popular

Post 87 de 456

Mauricio Peixoto Zampronha - Brasil - Menção Indignacao peqMaurício Peixoto Zamprogna, o Ício, faturou prêmio que leva o nome de Alceu Marozzi Righetto, um dos fundadores do Salão de Humor de Piracicaba, por votação na internet

 

O gaúcho de Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Maurício Peixoto Zamprogna, o Ício, 28, é o vencedor do prêmio Júri Popular Alceu Marozzi Righetto, da 41ª edição do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, no valor de R$ 5.000. No cartum – que também ficou com menção honrosa no prêmio temático Indignação – o artista retratou a força que a internet tem quando utilizada em favor de uma causa. O Salão Internacional de Humor de Piracicaba, realizado pela Prefeitura, por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural) e CEDHU (Centro Nacional de Humor Gráfico), fica aberto à visitação até o dia 12 deste mês, no Armazém 14 do Engenho Central.

“O tema este ano era a indignação de pessoas em relação a governos e ditadores, tendo a internet como suporte aos indignados. Me inspirei nos eventos nos quais a população se organizou via internet nas redes sociais. O desenho retrata o poder que o povo tem para ‘derrubar’ seus opressores. E o perigo que os opressores correm em ‘cair’ de seus postos, em virtude das organizações feitas pelo povo por meio da internet”, explica Ício.

O artista enviou trabalhos para o Salão de Humor de Piracicaba pela primeira vez em 2012, mas foi selecionado para a mostra principal apenas em 2013. Agora, na 41ª edição, ele comemora o prêmio. “Pela sua história, alto nível dos outros participantes e organização, o Salão de Humor de Piracicaba é, sem dúvidas, um dos mais importantes que existem. Muitos cartunistas que servem como referência para mim já foram premiados no Salão. Estar entre os selecionados já é uma vitória, receber uma menção honrosa então, é incrível. É muito gratificante ter seu trabalho reconhecido num evento tão prestigiado”, afirma Ício, que já participou e foi premiado em salões nacionais e internacionais, como o 2º Salão Internacional de Humor de Manaus, 1º Salão de Humor de Rio das Ostras (RJ) e IX Salão de Humor de Mogi Guaçu (SP). “Além disso, meus desenhos também já foram publicados na revista MAD Brasil, jornal Zero Hora e em outras publicações regionais”, conta.

 

NÚMEROS

Este ano, 576 artistas de 55 países enviaram 2.562 trabalhos para o 41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba. Destes, 368 foram selecionados para a mostra principal.

O cartum do iraniano Afshin Nazari foi o grande vencedor desta edição. O trabalho conquistou o 1º lugar na categoria Cartum e levou também o Grande Prêmio Zélio de Ouro. Nazari recebeu R$ 15 mil. O primeiro lugar em Charge foi para Ali Miraee, também do Irã. Robinson José da Silva, do Brasil, retratou o compositor Cartola em uma escultura de metal e levou o primeiro lugar em Caricatura. Também do Brasil, Raimundo Rucke foi o primeiro colocado em Tiras/HQ. Da Ucrânia, Vladimir Kazanevsky foi o vencedor do prêmio temático Indignação.

O brasileiro Rafael Limaverde venceu o prêmio Saúde Unimed. Já o peruano Walter Alvarez Toscano ficou com o prêmio Câmara de Vereadores com caricatura do presidente russo Vladimir Putin. O prêmio Águas do Mirante foi para Moacir Knorr Gutierres, também do Brasil.  No total, foram distribuídos R$ 51.500 em dinheiro aos vencedores.

“O Salão Internacional de Humor de Piracicaba, que chega a 41 edições ininterruptas, tem sido responsável por incentivar, ao longo de sua trajetória vitoriosa, o pensamento crítico por parte daqueles que o prestigiam. E os artistas que enviam seus trabalhos têm uma importante vitrine para evidenciar o pensamento dos quatro cantos do mundo”, afirma a secretária municipal da Ação Cultural, Rosângela Camolese.

 

HISTÓRIA

Criado em 1974, o Salão Internacional de Humor de Piracicaba serviu como forma de protesto contra a ditadura para um grupo de jornalistas, artistas e intelectuais da cidade. Para engrossar o coro contra o regime, ganhou apoio de grandes nomes do humor gráfico nacional, como Millôr Fernandes, Zélio e Ziraldo, e projetou outros, entre eles Glauco, Angeli, Paulo Caruso, Chico Caruso e Laerte, responsáveis pela criação de desenhos de humor em alguns dos principais veículos de comunicação do país.

O 41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba tem o patrocínio de Águas do Mirante, Unimed, Uniodonto, CCR Autoban, Natura, Arcor, Raízen e Arcelor Mittal.

 

SERVIÇO

41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba. No Engenho Central, avenida Maurice Allain, 454, Piracicaba. Visitação de quarta a sexta, das 10h às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h. Até 12/10. Informações: (19) 3403-2615, (19) 3403-2620, (19) 3403-2621 e (19) 3403-2623. Programação completa no site salaodehumor.piracicaba.sp.gov.br.

 

 

 

MENU